A primeira PowerROC T35 E no México mostra a sua potência

10 de Fevereiro de 2015

A empreiteira de mineração e pedreiras Zemer Constructora tornou-se recentemente a primeira empresa no México a comprar a unidade de perfuração PowerROC T35 E da Atlas Copco.

A empreiteira de perfuração mexicana Constructora Zemer é especializada em serviços de perfuração para a indústria de cimento e agregados. Conta com aproximadamente 500 operadores no trabalho em 10 locais, nove deles no México e um nos EUA, produzindo 70 a 80 mil toneladas de calcário por dia.

Quando a empresa decidiu fazer a atualização da frota de perfuração, escolheu a PowerROC T35 E da Atlas Copco e estabeleceu um novo marco histórico na indústria, tornando-se a primeira empreiteira de perfuração no país a fazer isso. A Zemer colocou a carreta de perfuração para trabalhar na pedreira de Cerritos, perto de San Luis Potosi, que é de propriedade do produtor de cimento Cementos Moctezuma. Nesse local, 3,5 milhões de toneladas de material são extraídas anualmente, dos quais 2,5 milhões de toneladas são calcário.

Diferença significativa

A nova carreta de perfuração chegou ao local em 2013 e, desde então, segundo Jaime Lopéz, Gerente da Zemer Unidad Cerritos, fez uma diferença significativa na produtividade. "A PowerROC T35 E permite-nos extrair esse material de forma muito eficiente," afirma. "Perfurando nas bancadas daqui, que têm 16,5 metros de altura, a carreta de perfuração proporciona uma produção de 25 a 32 metros por hora. Isso é um desempenho muito bom para nós." Uma semana típica em Cerritos consiste em 7,4 horas de perfuração por dia e 11 turnos. PowerROC T35, que usa as hastes T45 da Atlas Copco, abre furos de 89 mm, perfura a uma profundidade de 17 m seguindo uma malha de perfuração de 3,1 m x 4,3 m. Lopez observa que a carreta de perfuração demora em média cerca de 32 minutos para concluir um furo. Ela perfura em média 25 m por hora, 16 horas por dia, o que resulta em uma produtividade total de 400 m por dia. Em termos de desgaste, a vida útil das hastes de perfuração foi calculada para ser 1.390 m e 1.112 m para os , para os punhos, sem afiar.

O fator de segurança

A nova carreta de perfuração chegou ao local em 2013 e, desde então, segundo Jaime Lopéz, Gerente da Zemer Unidad Cerritos, fez uma diferença significativa na produtividade. "A PowerROC T35 E permite-nos extrair esse material de forma muito eficiente," afirma. "Perfurando nas bancadas daqui, que têm 16,5 metros de altura, a carreta de perfuração proporciona uma produção de 25 a 32 metros por hora. Isso é um desempenho muito bom para nós." Uma semana típica em Cerritos consiste em 7,4 horas de perfuração por dia e 11 turnos. PowerROC T35, que usa as hastes T45 da Atlas Copco, abre furos de 89 mm, perfura a uma profundidade de 17 m seguindo uma malha de perfuração de 3,1 m x 4,3 m. Lopez observa que a carreta de perfuração demora em média cerca de 32 minutos para concluir um furo. Ela perfura em média 25 m por hora, 16 horas por dia, o que resulta em uma produtividade total de 400 m por dia. Em termos de desgaste, a vida útil das hastes de perfuração foi calculada para ser 1.390 m e 1.112 m para os , para os punhos, sem afiar.

Expansão futura

Hoje, a Zemer tem duas plataformas PowerROC T35 E na sua frota que, até agora, era composta por sete carretas de perfuração pneumáticas ECM 590 e ECM 350, também fornecidas pela Atlas Copco, e, com a perspectiva de crescimento e expansão, a empresa afirma que a Atlas Copco está fazendo uma grande contribuição. "Temos trabalhado lado a lado com o pessoal da Atlas Copco há alguns anos", enfatiza Lopez. "Eles responderam todos os nossos pedidos de apoio. Deram-nos treinamento quando o equipamento foi entregue. Entram em contato conosco regularmente para ver como
o equipamento está e estiveram aqui para realizar algumas operações de serviço que são necessárias na máquina." E Lopez conclui: "Tudo isso nos permite estar em conformidade com os requisitos dos nossos clientes e nos dá mais confiança para continuar o trabalho com a Atlas Copco."

A Epiroc operou sob a marca "Atlas Copco" até 1º de janeiro de 2018.

Relato de cliente Carretas de perfuração a céu aberto PowerROC T35 E Divisão de Perfuração de Exploração e a Céu Aberto International 2015