Futuro. Seguro.

20 de Novembro de 2018

Há sempre um ponto no tempo em que você olha para trás e diz: foi nesse momento que tudo mudou. Para a segurança em sondagem, esse momento é agora e uma empresa está liderando a mudança na África do Sul.

Em um grande campo aberto, em uma área de mineração fora de Mokopane na África do Sul, está o futuro da sondagem. Está na forma da sonda de perfuração diamantada de superfície, Christensen 140, e o seu opcional dispositivo manipulador de hastes (RHS). Durante um longo período, os contratistas de sondagem para exploração vêm operando sob o radar quando se trata de segurança. Isso está prestes a mudar e a Zaaiman Exploration Drilling é uma das empresas que perceberam isso. É a Christensen 140 com dispositivo manipulador de hastes que encontramos fora de Mokopane. Eles possuem várias sondas de perfuração em funcionamento aqui, mas em particular esta sonda de perfuração é de especial interesse.

Christensen 140 with RHS on site in Mokopane. (ID: 0051)

A perfuração realizada pela Christensen 140 nesta localização tem como objetivo encontrar platina no subsolo. Com uma broca tamanho N e posicionada num ângulo de 60°, perfura até 1.300 m antes de ser realocada em outro local de perfuração. Levará aproximadamente um mês para atingir a profundidade desejada. O ângulo de perfuração é um dos fatores para o êxito do dispositivo manipulador de hastes. Embora o principal benefício no uso do dispositivo manipulador de hastes seja aumentar a segurança do operador, existem também algumas outras vantagens. Uma é que deslocar as hastes é mais rápido, especialmente ao perfurar em ângulo.

"Quando se perfura a 90°, na vertical, o peso da haste não é um grande problema, pois está "pendurado" no cabo. Mas assim que começar a perfuração em um ângulo, o peso da haste significa mais trabalho físico para a equipe de perfuração. Isto irá aumentar, ao longo do tempo, o cansaço do operador."

Jacques Stoltz, Gerente de Contrato

Ele continua: "também já percebemos que é um pouco mais rápido deslocar as hastes com o dispositivo manipulador de hastes. Mas o maior ganho, além de aumentar a segurança, é definitivamente a diminuição do cansaço do operador ao longo do tempo."

A equipe de perfuração e o gerenciamento no contrato em Mokopane dão um testemunho claro - a sonda de perfuração diamantada de superfície Christensen 140 são máquinas muito boas. A atenção aos detalhes na fabricação e a robustez dos componentes da carreta de perfuração resultam em uma elevada qualidade do produto final. Quando se combina a Christensen 140 com o dispositivo manipulador de hastes, você obtém uma sonda perfuração diamantada de superfície preparada para o futuro.

Rudi Zaaiman é o Diretor Geral da Zaaiman Exploration Drilling Ltd

Rudi Zaaiman, Diretor Geral da Zaaiman Exploration Drilling Ltd

Rudi Zaaiman, Diretor Geral da Zaaiman Exploration Drilling Ltd, explica a ambição da empresa: "Como um contratista moderno de perfuração de exploração, tentamos estar em um nível diferente, e a segurança é um dos nossos focos principais. Houveram duas razões pelas quais adquirimos a Christensen 140 e o RHS. Segurança e novas tecnologias. É isso que a Epiroc traz e é isso que esperamos."

Atento, Rudi prevê que as grandes mineradoras, em breve, apresentarão requisitos de segurança mais exigentes para os fornecedores que contratam. Com o dispositivo manipulador de hastes, a Zaaiman Exploration Drilling está preparada para isso.

Ele continua: "podemos mostrar às mineradoras que temos uma solução moderna para aumentar a segurança. Trabalhando com o dispositivo manipulador de hastes, estamos posicionados como uma empresa que coloca a segurança em primeiro lugar. Realmente queremos ter um papel de trazer esta tecnologia para o futuro.”

Uma parte integrante da introdução de novas tecnologias no mercado é ter uma estreita cooperação com aqueles que as utilizam diariamente. Uma parte importante para a Epiroc, ao desenvolver novos produtos, é a contribuição dos clientes. Desenvolver o dispositivo manipulador de hastes em conjunto com a Zaaiman Exploration Drilling não é exceção.

O gerente de contrato Jacques Stoltz diz: "De uma maneira geral, tanto a Christensen 140 como o dispositivo manipulador de hastes são produtos muito bons. Estamos em uma fase de testes bastante longa e ganhamos novas percepções todos os dias. Só tivemos um problema crítico, que foi com o sistema de arrefecimento. Mas o serviço da Epiroc é excelente. Recebemos o suporte local ao produto Epiroc no dia seguinte. Não só resolveu o problema, como também treinou nosso mecânico no local sobre como lidar com questões semelhantes."

"Posso definitivamente dizer que a segurança parece ser o futuro da perfuração de exploração. A Epiroc está conduzindo a mudança e estamos inteiramente com eles."

Rudi Zaaiman, Diretor Geral

2018 Christensen 140 Divisão de Perfuração de Exploração e a Céu Aberto International Sondagem com testemunho de superfície