Safer together story 2

Mais seguros juntos

15 de Julho de 2020

Mineração sustentável requer soluções integradas. Não somente produtividade e eficiência são vitais – tudo relacionado à segurança precisa estar presente. A revista Mineração e Construção visitou a mina Oyu Tolgoi na Mongólia para saber mais sobre uma colaboração vencedora.
Em um túnel poeirento e barulhento, Patrik Persson, Engenheiro de Manutenção da Epiroc Suécia, está em pé com os técnicos de manutenção e operadores próximo da carregadeira Scooptram ST1030. "Então, o que deveremos verificar em seguida"? pergunta Persson. Um técnico de manutenção aponta para um pino de segurança que bloqueia a dobradiça central e a barra. O grupo de pessoas anda em volta da carregadeira e verifica cuidadosamente cada item de segurança, como óleo e freios. Persson explica em qual condição cada item deve estar antes de a carregadeira ser ligada, e uma lista de verificação de segurança deve ser conferida. "Por exemplo, os operadores devem fazer um teste de freios antes de cada turno", ele diz.

"Por exemplo, os operadores devem fazer um teste de freio antes de cada turno"

Patrik Persson ,Engenheiro de Manutenção, Epiroc

Esta cena ocorre a 1.300 metros abaixo do nível do solo na mina Oyu Tolfoi, na região de Gobi no sul da Mongólia. É uma das maiores minas de cobre do mundo, mas também tem recursos de ouro e prata. Para extrair os metais são usadas tanto técnicas de mineração a céu aberto quanto subterrânea.

 

A mina é operada pela Oyu Tolgoi LLC com diversos empreiteiros no local. A Epiroc Mongólia é um dos principais fornecedores de perfuratrizes subterrâneas e outros equipamentos, fornecendo serviços de manutenção para suas perfuratrizes e outros equipamentos que operam na Oyu Tolgoi. Patrik Persson está aqui para treinar os técnicos e operadores que irão manejar e fazer manutenção da carregadeira Scooptram ST1030. Uma parte importante do treinamento fornecido pela Epiroc, não apenas na Oyu Tolgoi mas em geral, está relacionada à segurança. A abordagem básica de segurança é sempre ter certeza de que o cliente sabe como operar o equipamento Epiroc antes de começar a usá-lo.

 

"Quando fornecemos um equipamento a um cliente, segurança é a primeira coisa que consideramos", diz Bayar Torguud, Gerente de Linha de Negócios na Epiroc Mongólia. Todos que interagem com ou usam máquinas ou equipamentos devem estar seguros. Os equipamentos devem ser usados corretamente. Após fornecermos nossos produtos ao cliente, trabalhamos em serviços de manutenção alinhados às necessidades do cliente".

Safer together story 1
Na Oyu Tolgoi, a Epiroc Mongólia fornece serviços de manutenção para 32 peças de equipamento: principalmente plataformas de perfuração subterrânea, mas também duas novas carregadeiras – a Scooptram ST14 e a Scooptram ST1030. A equipe é formada por mais de 100 pessoas, incluindo gerentes, supervisores e técnicos. "Começamos com sete máquinas e 30 pessoas", diz Alfred Lawrence, Gerente de Projetos. "Fizemos isso com segurança, vimos muito desenvolvimento pessoal, não apenas em habilidades técnicas, mas também de sensibilização para segurança na Oyu Tolgoi. Ele continua: "A segurança é sempre o primeiro item a ser abordado no início de cada turno. Discutimos questões de segurança e convidamos os membros da equipe para falar sobre suas experiências de segurança. Isso é importante para nós porque não queremos ver pessoas acidentadas. As pessoas têm o direito de vir trabalhar e estar em segurança".
A Oyu Tolgoi LLC requer que seus fornecedores cumpram altos padrões de segurança. Acidentes com afastamento (LTI) são um dos principais indicadores de desempenho de segurança. E as iniciativas de segurança de cada fornecedor são importantes – agregam à segurança geral do local. A abordagem da Epiroc foi bem sucedida também. Quando a Oyu Tolgoi LLC avaliou o desempenho de segurança entre seus fornecedores, a Epiroc recebeu o prêmio Safety Recognition (Reconhecimento de Segurança) pelo primeiro trimestre de 2018 e o prêmio Best Safety Performance Mining Contractor (Fornecedor de Mineração com Melhor Desempenho em Segurança) no segundo trimestre de 2018. "O que chamamos de iniciativa de segurança é identificar qualquer perigo e assegurar que ele não se torne um risco para a saúde e a segurança", diz Alfred Lawrence. "Coisas simples frequentemente podem ter um grande impacto. Por exemplo, reduzir o risco de tropeçar no subsolo. Se alguém escorregou, isso poderia ter levado a qualquer coisa, de uma perna quebrada a um acidente com afastamento",

Segurança e ambiente. Mongólia International 2019 Peças e serviços Relato de cliente