A Oettinger, especialista em demolição alemão, comemora o lançamento da tesoura hidráulica de demolição de concreto CB 5500 da Epiroc

5 de Junho de 2020

O Grupo Oettinger, um cliente de longa data da Epiroc Deutschland GmbH, tem várias máquinas Epiroc em uso e, a partir de agosto de 2019, testou o segundo protótipo do mundo da tesoura hidráulica de demolição de concreto CB 5500. Uma visão direta dos recursos especiais deste modelo. 
Tesoura hidráulica de demolição de concreto CB 5500

Tesoura Hidráulica Demolidora de Concreto CB 5500

Onde quer que seja necessário conhecimento, experiência e equipamentos e máquinas de última geração, você encontrará os especialistas em demolição do Grupo Oettinger de Malsch, próximo a Karlsruhe. Com uma equipe de mais de 130 especialistas, o Grupo Oettinger realiza projetos de construção desafiadores e implementa desejos individuais dos clientes sem complicações.

Foi necessário um acessório particularmente poderoso para a demolição parcial de um antigo prédio de administração pública com abrigo subterrâneo integrado em Karlsruhe, Alemanha. Os prédios eram compostos de 18.000 m³ de espaço fechado e 4.000 toneladas de material de concreto reforçado.

 

Em primeiro lugar, o trabalho de remoção de escombros e reparação foi realizado com a ajuda de uma Multigarra MG 5000. Isso foi seguido pela demolição de uma ponte de conexão e do prédio público, incluindo o abrigo subterrâneo fortemente reforçado.

 

As comprovadas tesouras hidráulicas de demolição CC 5000 foram usadas para a demolição acima do solo. Ela tem um peso de cerca de 5,5 t e uma largura de mandíbula de 1.600 mm. Paredes fortes e fundações substanciais aguardavam no porão. As paredes que haviam sido pré-cortadas com o rompedor hidráulico HB 4700 foram finalmente cortadas com a nova tesoura hidráulica demolidora de concreto CB 5500 e preparadas para pulverização. 

Quebra facilmente: a nova CB 5500 tem um desempenho impressionante com força e precisão, mesmo em fundações pesadas

O experiente operador de máquinas Marius Mayer valoriza a potência e a precisão do novo desenvolvimento: "A CB 5500 foi projetada para trabalhos pesados e é ideal para quebrar as estruturas de paredes espessas de concreto armado, treliças, vigas e fundações. A ponta penetra vigorosamente no concreto e a "quebra" por dentro. As áreas de aplicação incluem demolição industrial ou demolição dentro da cidade, onde a vibração deve ser evitada. Os benefícios são particularmente evidentes na demolição de fundações."

 

O Diretor Executivo Robert Oettinger explica que está se tornando cada vez mais importante desmontar fundações sem grandes vibrações. Mayer acrescenta: "Devido à sua construção e à sua enorme largura de mandíbula, a CB 5500 permite quebrar até fundações feitas com o concreto mais duro. Os ciclos de trabalho são rápidos e a capacidade das tesouras é excelente."

A série de tesouras hidráulicas demolidoras de concreto CB da Epiroc é geralmente caracterizada pelos seguintes atributos:

CB 5500

Fotos do produto Tesoura Hidráulica Demolidora de concreto CB 5500

  • Rotação hidráulica de 360 graus para posicionamento ideal e manuseio preciso
  • Dois potentes cilindros hidráulicos com força de esmagamento quase constante para alta produtividade, combinada com proteção eficaz do cilindro
  • Ciclos de trabalho curtos graças à válvula de velocidade integrada
  • Dois braços da tesoura com movimentos independentes eliminam as forças de reação, bem como as lâminas de corte que são intercambiáveis.

A gama de produtos foi recentemente ampliada para incluir a CB 5500 e a CB 7500 e agora inclui seis modelos com pesos operacionais de 320 a 7.400 kg para classes de escavadora de 2 a 85 t. As tesouras hidráulicas da série CB foram especialmente desenvolvidas para trabalhos pesados de fundação e são especialmente adequadas para demolição com escavadeiras de lança longa e em áreas onde o rompedor hidráulico não pode ser usado. 

Combinação de dois braços flexíveis da tesoura e dois cilindros hidráulicos: mais força na ponta e contenção de forças de reação

Vista frontal CB 5500

CB 5500

A CB 5500 foi projetada como um sistema de dois cilindros, o que é usual com tesouras hidráulicas Epiroc. Isso traz mais força para a ponta e evita forças de reação. Isso garante um desempenho excepcional e, ao mesmo tempo, protege o equipamento transportador. De acordo com Jens Westermann, Gerente de Vendas da Epiroc Deutschland GmbH, a rotação de 360 graus com válvula de alívio de pressão deve ser realçada: "Quando a tesoura se agarra ao material em um ângulo obliquo, a válvula de alívio de pressão integrada permite um movimento acionado automaticamente que move a tesoura hidráulica para a posição correta. Essa válvula fornece uma boa proteção para a tesoura hidráulica e a carreta contra forças de reação prejudiciais".

 

A combinação de 2 braços móveis da tesoura hidráulica e 2 cilindros hidráulicos proporciona um benefício adicional: uma força de esmagamento quase constante, mesmo com os braços quase fechados. Enquanto os modelos convencionais com apenas um cilindro ou apenas um braço móvel geralmente atingem uma força de fechamento máxima de 70 a 80% na ponta das tesouras hidráulicas, a CB 5500 e a CB 7500 podem manter até 90% em uma condição (quase) fechada. Os braços móveis da tesoura hidráulica de forma independente também evitam as forças de deslocamento na tesoura e na escavadeira. "Isso possibilita uma operação precisa e suave, mesmo em grandes alturas e em locais de difícil acesso," explica Jens Westermann.

O protótipo funcionou bem na operação de teste

Imagem de aplicação da CB 5500

Imagem de aplicação da CB 5500

A CB 5500 foi projetada para a classe de escavadeiras de 50-65 t e é operada com uma pressão de trabalho de 350 bar. A abertura da mandíbula da CB 5500 é de 1.600 mm e a profundidade da mandíbula é de 1.060 mm. As mandíbulas são feitas de Hardox 650 e reforçadas adicionalmente nas áreas mais expostas ao estresse. As pontas podem ser soldadas. Os pontos de lubrificação também são perfeitamente acessíveis e, ainda assim, protegidos contra possíveis danos.

Apresenta tempos de abertura e fechamento impressionantes de 4,1 e 3,5 segundos, respectivamente, bem como uma força de corte de 150 t na ponta da mandíbula. Os ciclos de trabalho curtos são possíveis pela válvula de movimento rápido integrada. Esses parâmetros de desempenho e a eficiência aumentada associada também foram decisivos para o pedido da Oettinger em Karlsruhe.

 

A tesoura hidráulica de demolição de concreto foi particularmente impressionante em operação de teste e, portanto, imediatamente adotada pelo Grupo Oettinger. O diretor executivo Robert Oettinger resume: "Com a CB 5500, adicionamos uma máquina muito boa à nossa frota, uma máquina que é excelente para seu tamanho".

Demolição International 2020 Relato de cliente Tesoura Hidráulica Demolidora de Concreto