De volta ao trabalho com a ajuda da tecnologia RigScan

29 de Dezembro de 2015

Quando os negócios desaceleram, os empreiteiros de perfuração podem precisar parar alguns equipamentos. Mas quando vem a recuperação, o equipamento pode não estar mais "preparado e pronto" para assumir novas tarefas. Aqui está a melhor forma de descobrir.
A empreiteira de mineração Small Mine Development de Battle Mountain, Nevada, EUA, prefere manter seu equipamento de perfuração em vez de vendê-lo quando os negócios desaceleram. Dessa forma, a empresa não precisa comprar novas carretas de perfuração quando o trabalho retorna repentinamente. Em relação a isso, a SMD representa muitas empresas similares em todo o mundo. Como coloca Mike Schomer, Superintendente de Manutenção da SMD: "Não se pode fazer propostas para trabalhos com equipamentos que você não tem."

"A auditoria do RigScan nos ajuda a fazer os ativos que já temos voltarem ao trabalho muito mais rápido do que esperando a entrega de uma nova carreta de perfuração ou comprando uma diferente para remanufatura."

Mike Schomer, Maintenance Superintendent, Small Mine Development

Fatores desconhecidos

Back to work with the help of RigScan technology
Duas das carretas de atirantamento Boltec da Epiroc de propriedade da empresa são um exemplo específico. Recentemente, elas estavam inativas na superfície, uma delas por quase dois anos após trabalhar 24 horas por dia, 7 dias por semana, no subterrâneo. Mas de quais reparos e manutenção essas carretas precisavam na ocasião em que foram guardadas? Qual foi a extensão da degradação do desempenho em relação às especificações do fabricante? E o que a exposição ao sol do verão de Nevada e um inverno severo fez às mangueiras, componentes elétricos, etiquetas e sinalização de segurança obrigatórias? 


"Se tivéssemos investido em trazer as carretas de perfuração de volta para a especificações imediatamente", explica Schomer, "teríamos alocado uma boa parte do nosso capital indefinidamente para inventário inativo. Mas sabíamos que a indústria se recuperaria novamente, então procurávamos a forma mais rápida de ter as carretas de perfuração novamente nas condições de serviço assim que novos contratos em potencial aparecessem novamente." A solução foi uma auditoria abrangente das carretas usando a tecnologia RigScan. Schomer declara: "A auditoria do RigScan nos ajuda a fazer os ativos que já temos voltarem ao trabalho muito mais rápido do que esperando a entrega de uma nova carreta de perfuração ou comprando uma diferente para remanufatura." A auditoria foi realizada nas instalações da Epiroc em Elko, onde Matt Roemmich, Técnico de Suporte de Produtos Subterrâneos explica: "A auditoria fornece ao cliente uma inspeção OEM abrangente. Ela identifica tudo e irá identificar cada item como de segurança crítica, problema de desempenho ou preocupação com a regulamentação, até chegar aos itens cosméticos. 


Leia o artigo completo em Mineração e Construção on-line


A Epiroc operou sob a marca "Atlas Copco" até 1º de janeiro de 2018.

Atirantamento Divisão do Serviços - Mineração e Escavação de Rochas 2015 International Relato de cliente RigScan

Mais notícias a este respeito