A SmartROC T35 com um kit de redução de ruído

Abrindo espaço para a ciência

3 de Julho de 2019

Gotemburgo é a segunda maior cidade da Suécia, com uma população de mais de 1 milhão de residentes na área metropolitana. Ela está localizada na costa oeste da Suécia, com um belo arquipélago e bondes icônicos podem ser vistos ziguezagueando pela cidade. Você também encontrará 30 000 árvores plantadas, 810 quilômetros de ciclovias e um mercado de peixe na forma de uma igreja.


Além disso, Gotemburgo é um centro de pesquisa com cerca de 3.000 pesquisadores, professores e doutorandos na Universidade de Gotemburgo. Aqui, a pesquisa de nível mundial está sendo conduzida e a universidade oferece cerca de 1.400 cursos e 190 programas, tornando-se uma das universidades mais populares da Suécia.

Duas dos oito faculdades da universidade, Sahlgrenska Academy e a Faculty of Science, estão situadas em Medicinareberget (Medical Student’s Mountain). Aqui, educação e pesquisa em saúde, medicina e atendimento odontológico são realizados. As instalações estão agora sendo expandidas com um novo prédio para futuras pesquisas pela Faculdade de Ciências.

Como o local de trabalho está localizado em uma montanha no centro de Gotemburgo, há vários desafios e requisitos rigorosos quando se trata de escavação de rochas. A Skanska, principal contratada do projeto, escolheu a Stens Bergborrning AB como subempreiteira para as operações de perfuração e explosão.
Operador iniciando a SmartROC T35 usando um controle remoto por rádio
Henrik Lindström, Gerente de Produção da Skanska, compartilha sua visão.

"Existem quatro fatores principais que tornam um projeto como este um sucesso: segurança, redução de ruído, gerenciamento de poeira e controle de vibração. Isso foi muito importante quando discutimos o que as subcontratadas deveriam fazer. Para as operações de perfuração, a Stens Bergborrning AB cumpre todos os requisitos, em grande parte, graças à escolha da carreta de perfuração."

"Estamos constantemente nos comunicando com todas as partes interessadas e também antes do início do projeto, prometemos a eles que subcontratados, equipamentos e métodos seriam utilizados para minimizar perturbações."

Henrik Lindström ,Gerente de Produção na Skanska
A carreta de perfuração em questão é a a SmartROC T35 da Epiroc. Está também equipada com um kit de redução de ruídos que reduz os níveis de ruído em cerca de 10 dB, o que permite uma conversação ao lado da carreta de perfuração. Para este projeto específico, é utilizado um coletor de pó central, criando um sistema fechado para o gerenciamento de pó. Além da perfuração para detonação, a carreta de perfuração será também utilizada para reforço e atirantamento de rocha. O diâmetro do furo utilizado para perfuração nessa aplicação é de 64/70 mm e, no projeto, serão usadas coroas de perfuração de 45/52 mm. Haverá quatro bancadas no total, chegando a 20 metros, o que significa que cada bancada terá uma altura de cerca de 5 metros. Os horários de detonação são estritamente regulamentados e limitados a duas vezes por semana, às terças e quintas às 12h30.

Agora, a perfuração próxima a edifícios existentes em um ambiente urbano é sempre um desafio. Considerando que estes edifícios são instalações de pesquisa em total operação, com equipamentos extremamente sensíveis, torna o desafio ainda maior. Acrescente a isso um terreno irregular e despreparado e você terá uma aplicação perfeita para a SmartROC T35. Uma característica fundamental que proporciona à carreta de perfuração excelente adaptação ao terreno são as esteiras oscilantes.
Outro desafio é coordenar operações, tais como remoção de manto residual, perfuração, detonação, transporte e reforço de rocha. Isto significa que o planejamento e a comunicação são essenciais.
Victor Åkesson, o operador da carreta de perfuração da Stens Bergborrning AB explica:

"Estas carretas de perfuração são as melhores no mercado. Especialmente no que se refere à adaptação ao terreno e estabilidade. Sem grande esforço."

Ele continua

"Eu vi pessoas de queixos caídos, elas não entendem como esta máquina consegue subir em terrenos como esse sem tombar. Operadores de escavadeiras às vezes vêm a mim dizendo que eles também gostariam muito de ter as esteiras oscilantes."

Victor começou a sua carreira na perfuração de rocha com quinze anos. Queria ir com seu pai e fundador da empresa, Sten Åkesson, em diferentes projetos e Victor é agora parte integrante da empresa.

"Esta carreta de perfuração está funcionando durante cerca de 1.200 horas, desde que a compramos, e continua funcionando. Esta montanha em que estamos deve ser removida no verão do próximo ano, então realmente precisamos deste tipo de equipamento confiável."

Victor Åkesson ,Operador da carreta de perfuração na Stens Bergborrning AB
Victor Åkesson is operating his SmartROC T35 from the cabin.
Calcula-se que cerca de 100.000 metros cúbicos de rochas serão escavados antes que o trabalho seja concluído. Isto pode não parecer muito se você estivesse operando em uma pedreira. Em um desafiante projeto de desenvolvimento urbano como este, com detonações limitadas a duas vezes por semana, com instalações de pesquisas adjacentes e requisitos rigorosos, esta é uma quantidade enorme.

Os níveis de ruído são medidos continuamente no local e a SmartROC T35 está muito abaixo dos limites exigidos. O ruído é proveniente principalmente de outras máquinas.

Quando o projeto estiver finalizado e o novo prédio estiver no devido lugar, pesquisadores poderão olhar pela janela no último andar e talvez eles vejam a famosa igreja. Você sabe aquela onde eles vendiam peixe desde 1874.

SmartROC T35 International Suécia 2019 Divisão de Perfuração de Exploração e a Céu Aberto Relato de cliente